Briga entre vizinhos em grupos de whatsapp criados por síndicos

Diante da notícia trágica sobre o assassinato de morador em condomínio, motivado por discussão em grupo de zap, a Assosindicos DF orienta os síndicos e administradores condominiais:


Não crie grupos entre moradores do seu edifício em redes sociais ou aplicativos de mensagens instantâneas. Toda e qualquer comunicação deve ser feita pelos meios legais e usuais do condomínio como por exemplo o livro de ocorrências.

 A Assosindicos DF desaprova qualquer iniciativa tomada pelo síndico que promova grupos de mensagens do condomínio em redes sociais e aplicativos para celulares. O síndico deve dedicar seus esforços naquilo que é prioridade no condomínio. Deve focar sua gestão nos objetivos principais que são, por exemplo, manter as contas em dia, manutenções periódicas bem executadas, limpeza, conservação, seguro, segurança contra incêndios e prevenção de crimes.

O síndico também deve orientar porteiros, zeladores e encarregados para conversarem com moradores o estritamente necessário. Evitando passar informações que possam gerar conflitos entre a administração e condôminos. A portaria também não deve ser um local de reclamações e/ou solicitações de providências motivadas por discussões entre vizinhos. Para isso existe o livro de ocorrências.

Toda e qualquer comunicação deve seguir o que está determinado na convenção e regimento interno do condomínio. As notificações e aplicação de multa podem resolver grande parte dos conflitos sem promover o confronto direto. Em último caso, leva-se o problema à justiça e as partes entram em acordo evitando-se a violência.

Por fim, estamos num momento muito atribulado no qual as pessoas processam as informações de maneiras extremamente adversas. A crise financeira pela qual passa o nosso país atinge diretamente o condomínio, seja em razão da falta de paciência entre as pessoas, o que pode levar à violência ou a inadimplência decorrente do desemprego. Por esses e outros motivos o síndico deve agir com cautela, promovendo a paz entre os moradores, incentivando a boa educação e a cordialidade entre vizinhos.

G1: Após briga em grupo de mensagens, policial mata vizinho a tiros no DF

R7: Briga entre vizinhos termina em morte

CB: Justiça nega pedido de prisão preventiva de PM suspeito de matar vizinho

Metrópoles: Imagens mostram PM fugindo depois de matar vizinho em Samambaia

CB: Vídeo mostra fuga de PM suspeito de matar vizinho em Samambaia

G1: Síndico que atirou em morador do Jardins Mangueiral, no DF, mostra vídeo e diz que agiu em legítima defesa