Condomínios horizontais podem contratar cooperativas e associações de catadores

Entrou em vigor nesta terça-feira (26) a Lei 7122 de 25/04/2022, que possibilita a prestação de serviços de coleta e transporte de resíduos sólidos em condomínios horizontais de Brasília por cooperativas e associações de catadores, ainda que essas entidades não sejam contratadas pelo Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU)


Condomínio Taquari - Foto: Paulo H. Carvalho | GDF
Condomínio Taquari - Foto: Paulo H. Carvalho | GDF

A possibilidade de prestação de serviços de coleta e transporte de resíduos sólidos em condomínios horizontais de Brasília por cooperativas e associações de catadores, ainda que essas entidades não sejam contratadas pelo Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU), agora é lei.

Segundo a nova Lei, o SLU deve dar a estas entidades acesso às áreas de transbordo e unidades de tratamento mecânico biológico, atendendo as exigências técnicas, que devem estar descritas de forma clara e objetiva em instrução normativa própria do órgão.

Publicada no Diário Oficial do Distrito Federal nesta terça-feira (26), o texto, que altera a Lei 6.615/2020, é de iniciativa dos deputados Rafael Prudente (MDB), João Cardoso (Avante) e Delmasso (Republicanos).

Rosângela Chimiti

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Canaã Telecom

Formulário de contato