Queimadas chegam perto de condomínios no Distrito Federal

Brasília completa 106 dias sem chuva. Umidade do ar caiu a 13% nesta terça (17).


Fogo perto de condomínio assusta moradores do Jardins Mangueiral, no DF

O Distrito Federal completa 106 dias sem chuva e as queimadas que atingem o Cerrado chegam perto das áreas urbanas da capital. Nesta terça (17), moradores da região dos Jardins Mangueiral viram as chamas se aproximar dos prédios (veja vídeo acima).

Em dez anos, queimadas atingiram equivalente a 25% da área do DF
Cerrado registra mais focos de queimadas do que a Amazônia nos primeiros dias de setembro

As famílias ficaram assustadas. Em algumas partes do condomínio, o muro impediu que o fogo avançasse.



Carros do Corpo de Bombeiros do DF próximos de região urbana atingida pelas queimadas — Foto: CMBDF/ Divulgação

Também nesta terça, um outro incêndio de grandes proporções atingiu uma área de Cerrado que fica perto do Complexo Penitenciário da Papuda (veja vídeo abaixo)

Além do combate por terra, os bombeiros usaram um helicóptero para jogar água sobre as chamas que se alastraram rapidamente pela vegetação seca.
Baixa umidade aumenta chances de contrair conjuntivite

Nos 15 primeiros dias de setembro deste ano, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal atendeu 1.704 ocorrências de incêndios na vegetação. A área queimada soma 3.520 hectares.

No ano passado, durante o mês inteiro, foram 1.836 incêndios e 3.516 hectares queimados.

Incêndios florestais

2019 – de 1º de janeiro até 15 de setembro: 7.575 ocorrências

2019 – área queimada: 10.188 hectares

2018 – de 1º de janeiro até 31 de dezembro: 6.483 ocorrências

2018 – área queimada: 7.642 hectares



Bombeiros combatem incêndio com helicóptero próximo à Papuda, em Brasília
Temperatura pode subir

A última chuva no Distrito Federal foi no dia 4 de junho. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de que não chova, pelo menos, até 25 de setembro.

“Mesmo assim, essa chuva do dia 25 é pouco provável”, explica o meteorologista Olivio Bahia. Segundo ele, chuva mesmo só nos últimos dias de setembro.

Até lá, as temperaturas seguem altas em Brasília. Nesta terça, no Plano Piloto, os termômetros registraram 31,8°C e a umidade do ar ficou em 14% .

Na região do Gama, a temperatura chegou a 33,8°C e a umidade caiu a 13%. O recomendado pela Organização Mundial de Saúde é que a umidade fique em torno de 60%.¨

“A perspectiva é a temperatura se manter e até subir um ou dois graus nos próximos dias”, afirma o meteorologista.
Períodos de estiagem

Este é o segundo período mais longo, dos últimos cinco anos, em que o DF ficou sem chuva (veja números abaixo). Antes de 2019, com seus – até agora – 106 dias de seca, o Inmet considerou 2017 o pior ano: foram 131 dias consecutivos.

2014 : 65 dias consecutivos sem chuva
2015: 60 dias consecutivos sem chuva
2016: 97 dias consecutivos sem chuva
2017: 131 dias consecutivos sem chuva
2018: 79 dias consecutivos sem chuva

Fonte: G1/DF

0 comentários:

Postar um comentário