Após receber notificação, morador usa criatividade em vaga de garagem


Muitos condomínios têm regras bem rígidas quando o assunto é vagas de estacionamento e garagem. Geralmente essas regras estão explicitadas na convenção ou no regimento interno do condomínio. Mas nem todos os moradores concordam com a impossibilidade de utilizar parte desse espaço para guardar objetos.

Claro que o bom senso no uso de garagem de prédios para evitar conflitos é essencial pois faz parte do comportamento esperado pelo condômino. Situações como carro mal estacionado, portas riscadas e vaga usada como depósito estão previstas em regulamentos e devem ser administradas de forma amigável entre a comunidade do condomínio.

Saber como tratar as infrações em um dos espaços mais polêmicos do condomínio é importante para manter a ordem e a organização. Quando a situação está conturbada, a  briga por espaço na garagem do prédio pode resultar em multa e o síndico deve aplicá-la evitando o agravamento da questão.

Por outro lado, a falta de clareza gera dúvidas sobre a definição do uso da garagem. O uso das vagas costuma ser um dos conflitos mais comuns entre vizinhos de condomínios. Na maioria das vezes, os problemas ocorrem por causa da falta de clareza na escritura e na convenção.

A Administradora do condomínio solicita a retirada via aplicativo de comunicação com a intenção de evitar notificação e maiores transtornos. Leia o instantâneo da comunicação prévia e a resposta do morador:


Provavelmente, como não houve o atendimento do pedido pelo morador, o síndico foi obrigado a notificar formalmente por escrito. Mas o resultado foi inesperado e criativo. Veja no vídeo abaixo como o morador resolveu o problema dos objetos armazenados em vaga de sua propriedade:

0 comentários:

Postar um comentário